sexta-feira, 18 de abril de 2014

IOPE - GCM/SP




Enviado pelo GCM Michael (IOPE)

Ajude a Manu a realizar o 'Sequenciamento do exoma.'

Nos ajudem a realizar o exame 'Sequenciamento do exoma' para a Manuela!


Queridos,

Manuela é uma doce menininha de 2 anos e 3 meses, com uma Historia de vida digna de um livro, pois desde um mês de vida luta contra febres recorrentes a cada 10, 15 dias de forma intermitente, que causaram dois episódios de encefalite viral (inflamação do cérebro causado por vírus)e que deixaram sequelas motoras graves, ela ainda não se senta sozinha, é hipotônica (molinha), não sustenta o tronco e o pescoçinho e não fala. Ainda não sabemos se a parte cognitiva (o aprendizado) foi prejudicada devido a sua pouca idade, minha intuição de mãe é de que ela entende tudo o que acontece ao seu redor, graças a Deus!

Aos 3 meses de vida, internou 17 dias para tratamento do primeiro quadro de encefalite viral, causada pelo vírus do Herpes onde na ocasião houve um único exame positivo contra outros 3 negativos para o herpes simples. Hoje, acredita-se que o exame foi um 'falso positivo'.

Passou o mês de fevereiro e os inicio de março internada, chegou ao hospital num estágio de 'pré-coma' e durante 32 dias tratou um segundo episódio de encefalite, suspeitando novamente do herpes.

Para a nossa surpresa, o diagnostico que os médicos nos deram na primeira ocasião aos três meses de vida - Encefalite pelo vírus do Herpes, foi contestado e a cada exame feito ele fica mais distante, pois é muito raro uma reincidência pelo mesmo vírus. Uma super investigação foi feita ao longo das muitas internações e nada foi encontrado como causa das febres, exames sugerem 'quadros virais' o que não significa necessariamente a existência de algum vírus, confuso, não? Vírus sofrem muitas mutações e nem sempre são diagnosticados.

Após este ultimo acontecimento, os médicos partiram para outra linha de investigação e acreditam que a Manu seja portadora de alguma síndrome genética muito rara que só poderá ser descoberta através de um exame chamado 'Sequenciamento do Exoma,' leia sobre ele no http://www.mendelics.com.br/exoma/ feito em um único laboratório no Brasil e que por se tratar de um exame muito novo na medicina, não é oferecido pela rede publica e chega a custar em média, R$ 12.000,00 (Doze Mil Reais). Um possível processo pode demorar muito tempo, não sabemos como a doença pode evoluir, se pode piorar e etc e por isso não podemos mais perder tempo. Com este exame, poderemos tratar corretamente a doença e dar uma vida tranqüila e feliz pra Manu.

Diante disso, muitos exames foram feitos e outros virão por aí, alguns deles não são cobertos pelo plano de saúde, mesmo sendo em regime de co-participação (onde pagamos uma parte de tudo o que é gasto), consultas com especialistas renomados devido a raridade do caso dela, como o Neurologista especialista em doenças raras, Dr. Fernando Kok e equipe, entre outros custos que estão absorvendo todas as nossas forças, pois já usamos todas as nossas reservas e não temos mais condições de arcar com tudo isso.

Por este motivo, iniciamos hoje um pedido de ajuda aos amigos e familiares para que a gente consiga atingir a meta de pagar por tudo isso o que contei aqui, como muitas mães especiais fazem, saí do trabalho pra me dedicar a Manuela exclusivamente e estou morrendo por dentro por me sentir tão impotente vendo tudo isso acontecer, por isso, aí vai a nossa força tarefa em prol da Manu.

Nos ajudem a realizar o exame, compartilhem nossa historia com amigos e familiares, aumentem e participem da nossa corrente do bem!

Deus esteja conosco e que derrame bênçãos infinitas sobre todos nós.

Beijos, Erika.

Obs.: A Manu é filha do nosso colega GCM Acioli

Para ajudá-la, clique no link abaixo:



quarta-feira, 16 de abril de 2014

Guarda Civil Metropolitana inaugura Casa de Atenção para atendimento aos profissionais

No equipamento inaugurado nesta terça-feira (15) os guardas terão atendimento em psicologia e assistência social. Trabalho será realizado em parceria com Universidade Nove de Julho (Uninove)





A Guarda Civil Metropolitana ganhou nesta terça-feira (15) um novo equipamento para apoio aos profissionais da corporação: a Casa de Atenção oferecerá aos guardas acolhimento em psicologia e assistência social em parceria com a Universidade Nove de Julho (Uninove). Para o prefeito Fernando Haddad, o suporte oferecido pela casa trará qualidade de vida aos agentes e melhoria no atendimento da Guarda à população.

“Cada dia é um desafio. Para suportar tudo o que ele vive na rua, o guarda precisa de um apoio, para manter o auto-controle. Em 2013, houve uma queda de 70% nos registros de agressões cometidas por guardas. Isto tem a ver com preparo e com apoio para elaborar tudo isso”, afirmou Haddad. Segundo informações da Secretaria Municipal de Segurança Urbana, em 2013 também não foi registrada nenhuma morte violenta entre a população em situação de rua.

A criação da Casa de Atenção integra um plano de valorização da GCM. “Em 2013, a Guarda era a campeã de absenteísmo. Já conseguimos uma queda geral de 40% e reduzimos as faltas em 70% em algumas inspetorias”, conta o secretário municipal de Segurança Urbana, Roberto Porto. Entre as ações do plano estão a aquisição de 186 novas viaturas, entregues em setembro de 2013, a reforma das inspetorias e a abertura de um concurso com duas mil vagas para novos guardas.

O equipamento é uma reivindicação antiga dos profissionais da corporação. Na Casa de Atenção, os guardas poderão procurar, por exemplo, ajuda para tratar obesidade, tabagismo, traumas, problemas familiares, distúrbios do sono, entre outros. O espaço é composto por quatro salas, recepção e banheiros. Está localizado ao lado do Departamento de Manutenção e Logística da GCM, no bairro da Aclimação, região central.

O atendimento funcionará das 9h às 17h e contará com 20 estagiários do curso de psicologia e oito estagiários do curso de assistência social da Uninove, sob supervisão dos professores da universidade. Também trabalharão no local duas assistentes sociais da SMSU.

“Para os alunos será uma oportunidade de ter contato com a área de promoção e prevenção da saúde do trabalhador do setor público. Temos condição de trabalhar no ambulatório a relação com as famílias, com as comunidades, casos de obesidade, alcoolismo. Isso será avaliado pelo acolhimento”, explica o professor-supervisor Adalberto Botarelli, especialista em psicologia e políticas públicas.

O atendimento começa com um avaliação individual que irá levantar as necessidades do paciente. De acordo com o caso, o guarda é encaminhado para profissionais especializados em ambulatórios da Uninove, principalmente no campus Vergueiro, localizado a cerca de 1,5 km da casa. O acompanhamento também poderá se estender aos familiares do profissional.

Entre as possibilidades de encaminhamento estão pediatria, saúde mental, oftalmologia, dermatologia, geriatria, endocrinologia, cardiologia, nefrologia, pneumologia, psiquiatria, hematologia, psicologia, urologia, gastroenterologia, clínica médica, reumatologia, infectologia, otorrinolaringologia, síndrome da alergia, distúrbio do sono, síndrome metabólica, laserterapia e tratamento do tabagismo.




Fotos:
Crédito: Fábio Arantes/Secom

Fonte: PMSP

Corregedoria investiga participação de PMs em vídeo que mostra homens baleados

Gravação tem cenas fortes e, após ser publicada em rede social, teve 720 compartilhamentos antes de ser retirada do ar

A Corregedoria da Polícia Militar investiga a participação de agentes da corporação na filmagem e publicação de um vídeo na internet que mostra três suspeitos agonizando após serem baleados. A suspeita é que os homens tenham sido feridos durante troca de tiros com policiais militares, após assalto na região de Itaim Paulista, zona leste de São Paulo. Se for confirmada a participação dos PMs, eles podem ser punidos.

Reprodução/Facebook
Vídeo que mostra suspeitos agonizando foi publicado no Facebook. Policiais militares podem ter feito a filmagem
O vídeo, que tem 43 segundos de duração, tem cenas fortes e mostra três homens feridos agonizando na calçada, quando se aproxima um outro com botas pretas e calça cinza, semelhantes ao uniforme da PM do Estado de São Paulo.

É possível ouvir, ao fundo, alguém dizer:"Vai ficar famoso, ladrão, morrendo aqui". Uma das vítimas chama pelos filhos, e outra voz masculina diz: "Vai demorar aí, c., para morrer".

A gravação, públicada no último domingo (13), teve 720 compartilhamentos e foi curtida ao menos 839 vezes, antes de ser retirada do ar, nesta terça-feira (15).

A página em que foi publicado este vídeo se chama "Polícia Do Estado De São Paulo", mas a PM informa que não se trata de um perfil oficial da instituição. Lá também é possível ver fotos da ocorrência e nas imagens aparecem policiais militares fardados e carros da corporação. O vídeo foi retirado do ar. 

Segundo o jornal Folha de São Paulo, dois dos três homens baleados foram internados no hospital Santa Marcelina. Um deles recebeu alta no mesmo dia e o outro segue internado, sob escolta policial. O terceiro envolvido na ocorrência morreu.

Ainda de acordo com o jornal, os três homens são suspeitos de tentar assaltar um caminhoneiro, que chamou a polícia. Houve perseguição e troca de tiros. Os suspeitos teriam batido o Uno, em que estavam e, em seguida, foram baleados.

Em nota enviado ao iG, a PM informou que o perfil em que o vídeo foi publicado não é oficial e que investiga a página. Informou também que investiga a participação de agentes da corporação na "captação e divulgação das imagens, fato que, se confirmado, poderá resultar punição ao(s) responsável (is)."

Atenção este vídeo contém cenas fortes



Leia a nota da PM na íntegra

A Polícia Militar esclarece que o perfil “Polícia do Estado de São Paulo”, na rede social Facebook, não é um dos perfis oficiais da Instituição, apresentando uma série de conteúdos impróprios. Por esse motivo, já está em curso uma investigação sobre o perfil, seu conteúdo e administradores. 

Quanto ao caso apresentado, a Corregedoria PM está investigando se houve participação de policiais militares na captação e divulgação das imagens, fato que, se confirmado, poderá resultar punição ao(s) responsável (is).

Reprodução/Facebook
Presença de policiais militares durante a ocorrência


É importante ressaltar que todo policial militar, assim como qualquer cidadão, pode postar aquilo que bem entender nas redes sociais, podendo, contudo, ser responsabilizado no campo civil, criminal e administrativo em caso de postagens que ofendam pessoas, instituições, que sejam contrárias à lei ou atentatórias à dignidade humana.

A Polícia Militar e suas unidades subordinadas possuem perfis oficiais, que servem como canais de comunicação da Instituição. Seus administradores recebem orientações constantes, sendo as páginas devidamente monitoradas.

    Fonte: Último Segundo

    Enviado por: GCM Jorge Costa (IOPE)

    terça-feira, 15 de abril de 2014

    Ocorrência com entorpecente - Parque do Ibirapuera

    Em data de 13/04/14, por volta das 11:00 horas, a equipe composta pelo 1ª Classe Cataldo com a PM 60.22 e com o 2ª Classe Cavalim com a PM 70.33, em ronda pelo Parque do Ibirapuera, Região da Vila Mariana e São Paulo, foi visualizado pelo Bosque dos Cegos, dois indivíduos em atitude suspeita, o qual a equipe procedeu a respectiva abordagem e em poder do menor M. R. da S. S. (16 anos) o qual portava um cigarro artesanal de Maconha, já com a 2° Parte o Maior G. M. da S. (18 anos), nada fora encontrado.

    Ao ser interpelado a parte que se encontrava o respectivo material entorpecente se este tinha mais alguma coisa ilícita o mesmo disse que não, diante deste fato foi procedido a respectiva busca pessoal nada foi localizado já na mochila da 1ª Parte foi localizado mais um tablete de Maconha além de outra porção dentro de um apontador de lápis.

    Diante da quantidade localizada, foi solicitado apoio ao local a fim de conduzir as partes para apreciação da autoridade de plantão, onde neste momento a 1ª parte questionou a ação da equipe alegando que tal material não era crime e que estaria liberado o seu uso, sendo orientado o mesmo pela pratica do artigo 28 da lei de entorpecente.

    Após a chegada da viatura a equipe se deslocou até o 27° D.P., sendo apresentado a respectiva ocorrência para a Dra. Eliane Tomé Lima de Toledo que após tomar ciência dos fatos determinou o Exame toxicológico, obtendo o resultado de positivo para Maconha conforme Laudo 24.201/14, sendo lavrado o B.O. 3.624/14 com natureza de PORTE DE ENTORPECENTE, para a 1ª Parte e sendo liberada a 2ª parte.

    Diante da autuação do menor foi requerido a presença do seu responsável comparecendo a sua mãe a Senhora C.R.S.A., 40 anos, a qual lhe foi entregue seu filho e esta saiu compromissada em apresentar o mesmo junto a Vara da Infância e Juventude.

    Equipe de Apoio: VTR O 41.22 (CD Eduardo e 2ª C. Feitosa)

    Enviado por: GCM 1ª Classe Ricardo Cataldo

    CONVITE: Fórum Paulista de Segurança Pública - 24/04/2014











































































    Enviado por: Oséias Francisco

    Plano de Carreira - Uma carta a mim mesmo

    11/04/14 - Por  Dennis Guerra: Outro dia escrevi uma carta para o senhor Fernando Haddad. Hoje, resolvi escrever uma carta a mim mesmo, como forma de nunca deixar cair no esquecimento aquilo que me é importante. E esta carta quero

    VEJA TAMBÉM: Uma carta ao Fernando Haddad (Atualizado)


    compartilhar com você, caro leitor. Nela, transcrevo parte do meu entendimento sobre algo que ocorre nesse momento da minha carreira profissional. Fique certo que aqui não coloco a minha opinião sobre o que é certo ou errado, pois não acredito em verdades absolutas e sim na verdade de cada um.

    VEJA AINDA: Sindguardas - SP promove plenária com os GCMs 2° Classe

    Essa é a minha opinião, e até mesmo pela forma como exponho parte de minha vida, espero que você a respeite.

    Uma carta a mim mesmo - Por Dennis Guerra

    "
    Quando você ingressou na sua atual profissão no ano de 2001, deparou-se com uma instituição que a muito se preparava para o futuro. Nela, você iniciou com grandes expectativas de desenvolvimento pessoal e profissional - que conseguiu em partes. 

    No ano de 2004, lhe foi apresentado um plano de carreira. Conforme todo o processo se desenrolou, você se apressou em fazer a sua parte participando das discussões sobre o assunto. Após assinado, hoje em 2014, você se vê vivendo um novo dilema: Novo Plano de Carreira - Novas possibilidades ou nada?

    Você se faz tal pergunta porque aquilo que lhe apresentaram parecia ser uma boa proposta - e segundo algumas opiniões, seria se os governos de então tivessem respeitado aquilo que foi proposto. Mas isso não ocorreu.

    Se tivesse sido respeitado, provavelmente hoje você estaria ocupando o cargo de Classe Distinta da instituição da qual faz parte - mas não está. Continua a ocupar praticamente o mesmo cargo de 2004 - considerando ainda que conforme o prazo de três anos de probatório chegando ao fim, foi automaticamente elevado de 3° à 2° classe, fato que não ocorreu com tanta facilidade a outros. Além disso, teve o caso de tantos outros que sofreram com o mesmo desinteresse por parte da administração pública à época.

    Mas você não teve outras chances que chegaram à surgir para outros. Você continuou naquele cargo. E agora que a administração pública sugere um Novo Plano de Carreira, o que ocorrerá com você?

    Hoje, mesmo que ficasse comprovado que não existe um dano ao direito adquirido, como afirmado durante a Assembléia com as Entidades Representativas, pois juridicamente ele não existe nesse caso, o que pode ser considerado, em última análise, no máximo em uma situação imoral, por ter gerado expectativas que não se concretizaram - Ok, moralmente você está sendo prejudicado. Até aí, o plano lhe é indigno.

    Mesmo assim você entende que o plano apresentado pelo governo tem as suas vantagens. A meritocracia - desde que tenha as regras bem claras e não mudem durante o jogo - seria vantajosa para a saúde institucional da corporação, ou seja, à médio-longo prazo ele parece ser uma interessante escolha.

    Você não pode esquecer que um dia aposentado, essa mesma saúde institucional deverá ser ainda uma preocupação sua, pois dela dependerá o seu futuro fora da instituição.


    Veja a análise abaixo feita durante uma conversa informal com Marcos Luiz Gonçalves / DiretorAbraguardas - um dos representantes de categoria que participam das reuniões sobre o projeto:


    "... A proposta do governo é diferente de tudo o que tivemos. Proporciona o acesso sem que haja dependência de concurso público, que sempre foi o nosso problema. Ainda: as letras vem de forma automática. Para quem entra na GCM hoje, terá a certeza que em 07 anos será Classe Especial letra C. Isso é uma grande vantagem, pois se forem computados os percentuais obtidos pelo mesmo período, tem-se: 10% para 2° classe, 10 para 1°, mais 10 para cada letra. No final do período, terá cerca de 60% de ganho. Que carreira te oferece isso? Agora, na mudança de nível, tem-se como base a meritocracia, dependendo exclusivamente da pessoa..."

    Ao que lhe parece, você que já estaria como Classe Distinta - 'tá aí a questão imoral, pois as suas expectativas não se concretizaram - chegando ao máximo nesse plano à Classe Especial. Então lhe pergunto: Você está preocupado com aquilo que acredita ser seu direito ou com a saúde institucional? Veja bem, tudo isso que escrevo só é válido se a saúde institucional for o objetivo principal.

    O mesmo ocorre com a questão de nível universitário para o avanço na carreira. Somos da mesma opinião no que se refere que a questão acima deverá ser ponto primordial em uma instituição que quer ser reconhecida pelo o seu valor. E nisso, comprovar que uma grande parcela de seus integrantes o possuem é fundamental. Considerando, no mínimo, para tal correção, tempo de serviço e o mérito profissional - pois concordo que apenas o nível superior não comprova comprometimento com a função.

    Ah, mas a instituição nunca me deu chances de fazer um curso superior! Não?! Ou você preferiu investir a maior parte de seu tempo em serviços extras? Bem, no seu caso sei que você não tem grandes bens materiais em decorrência da escolha de buscar o nível superior. Infelizmente, por questões pessoais (em grande parte, pelo trabalho realizado neste site) você não concluiu o curso. Tudo bem, sabemos que você não é o tipo de pessoa que coloca a culpa de suas escolhas no mundo. Então resolva isso o quanto antes!

    Veja este trecho extraído do artigo do senhor Marcos Bazzana em Promoção exclusivamente por merecimento:

    "... Exemplificando, se um GCM detentor do cargo de Classe Distinta, por meio da lei, agora, for promovido a Inspetor e, na seqüência, por critérios de “merecimento”, em menos de um ano seja promovido ao cargo de Inspetor Regional, e no outro ano, a Inspetor de Agrupamento, também “por merecimento”, e assim por diante, passará na frente de muitos que já eram Inspetores desde 2003, ou até dos atuais Inspetores Regionais que já estão no cargo há muito mais tempo. Isso pode ocorrer também entre Guardas Civis 2ª Classe, que podem passar à frente dos atuais detentores do cargo de Primeira Classe, por conta exclusiva de possuírem cursos universitários, pós graduações, bom comportamento etc..." Fonte: Os Municipais

    Considerando que, principalmente no caso dos 2° Classe acima, o prejuízo (Imoral - se for assim) foi maior que nos outros casos, principalmente pela falta de chances e tempo transcorrido desde a implementação do atual plano, sim, você tem credibilidade para afirmar que o nível de escolaridade deve ser uma possibilidade para os atuais 2° Classe - para minimizar o prejuízo moral ocorrido e contribuir para uma instituição mais forte (Assim como para quaisquer outros cargos que a avaliação por escolaridade esteja valendo).

    Mesmo porque ainda não concluiu o seu curso - então não é parte interessada na oportunidade desse momento.

    Sabemos que você tem uma preocupação especial não com o cargo que irá ocupar, mas com qual qualidade vai exercer as suas funções. Isso passa não apenas por seu tempo de serviço, como também pelas qualificações que buscou e/ou busca.

    Então, vá em frente e seja o melhor 2°, 1°, CE, CD... ou seja lá o cargo que ocupar!

    "
    Dennis Guerra: Brasileiro, 38 anos de idade, casado: Doze anos e meio na Guarda Civil Metropolitana; Onze anos na função de Motociclista; Cursos SENASP: Violência, Criminalidade e Prevenção; Técnicas e Tecnologias Não Letais para Uso Policial; Capacitação em Educação para o Trânsito; Aspectos Jurídicos da Abordagem Policial e Uso diferenciado da Força. Outros: Táticas Operacionais Defensivas - CFSU; Escolta e Batedor com Motocicletas - PRF; Pilotagem Segura com Motocicletas CET; Pilotagem Defensiva Honda Indaiatuba Curso de Educador - CFSU.

    Em vias de finalizar curso de Gestão Específica




    Resultado da Reunião Setorial do dia 10 de abril


    Na reunião da mesa setorial do dia 10 de Abril, não tivemos ainda definição sobre as propostas apresentadas.
    Foi marcado uma próxima no dia 25 deste mês para SEMPLA se manifestar.
    Mais uma vez, as entidades, colocaram para o representante de SEMPLA que os trabalhadores não aceitaram a proposta, portanto temos que aguardar a reunião do dia 25.

    Abraguardas.

    PROPOSTA DE SEMPLA

    2014:


    •Elevação do Padrão em 5%;

    •Estabelecimento do piso mínimo da GCM: R$ 1.449,00.

    2015:

    •Reestruturação;

    •Elevação do piso mínimo da  GCM: R$ 1.521,45.

    2016:

    •Elevação do Padrão em 10,23%;

    •Elevação do piso mínimo da GCM: R$ 1.656,00.
     
    TABELA DE SEMPLA REESTRUTURAÇÃO.
     
    OBS. QUEM FOR INTEGRADO EM PISO INFERIOR PASSARÁ PARA LETRA SUPERIOR.

       ABCDEFGH
    NI.CARGO%1010101010101010
    IGCM 3ª  684,93753,42828,77911,641002,811103,091213,401334,73
    GCM 2ª 10753,42828,77911,641002,811103,091213,401334,731468,21
    GCM 1ª 10828,77911,641002,811103,091213,401334,731468,211615,03
    C E10911,641002,811103,091213,401334,731468,211615,031776,53
    IIC D201093,971203,371323,701456,071601,681761,851938,032131,84
    SUB101203,371323,701456,071601,681761,851938,032131,842345,02
    IIIINSP301564,381720,821892,902082,192290,402519,452771,393048,53
    IR101720,821892,902082,192290,402519,452771,393048,533353,38
    IVIA202064,982271,482498,622748,493023,333325,673658,234024,06
    IS102271,482498,622748,493023,333325,673658,234024,06
    4426,46

    Fonte: Abraguardas


    Recife lança concurso com 1.355 vagas para a Guarda Municipal‏

    A Prefeitura do Recife lançou, na quinta-feira (10), edital para concurso com 1.355 vagas para a Guarda Municipal. O salário é de R$ 1.932,67, incluindo gratificações. As inscrições custam R$ 65 e podem ser feitas pelo site do Instituto de Planejamento e Apoio ao Desenvolvimento Tecnológico e Científico (Ipad) a partir do sábado (12).

    A seleção será dividida em prova objetiva, prevista para 1º de junho, e exames físico, médico e psicotécnico, além da fase do curso de formação. Os temas da prova objetiva abordarão conhecimentos gerais de português e matemática, como também noções específicas de direito constitucional, penal, legislação de trânsito e cidadania. As inscrições seguem até 12 de maio.

    A previsão é que 350 novos agentes sejam nomeados ainda este ano. Em 2015, 400 profissionais assumem o cargo e, em 2016, os demais agentes completam o quadro. A partir de setembro deste ano, entra em vigor o reajuste de 40% no salário-base de todos os guardas municipais, que atualmente fica no valor de R$ 1.082,82.



    Enviado por: GCM Jorge Costa (IOPE)

    Ocorrência de veículo roubado - Equipe do Canil


    Ocorrência de veiculo roubado equipe de canil P-70418 (Enc. Rodrigo: Mot. Dionizio: Aux. cão Fall). Em rondas pela Vila Maria, nos deparamos com dois indivíduos em atitude suspeita, que ao avistarem a viatura empreenderam fuga, sendo que em breve acompanhamento um dos elementos foi detido com apoio das viaturas de área N-4054 (CD Tadeu; Mot. Nascimento); N-4039 (GCM Mazario, Welligton, Gilberto); N-4034 (CR Paulo; Mot. Badio) e N-4045 (Insp. Medina; Mot. Daniela), conforme BO1115/2014‏.


    Ocorrência enviada por: GCM Rodrigo

    quinta-feira, 10 de abril de 2014

    Canil da Guarda Civil Metropolitana realiza apresentação em evento social

    Inicio da apresentação, narrada pelo GCM Barbosa
    Em 05 de Abril foi destacada uma equipe do Canil da Guarda Civil Metropolitana, para realizar uma demonstração no Parque do trote / Vila Maria, durante mais uma edição do Dia da Cidadania, organizada pelos Rotarys Clubs de São Paulo (RCSP) - Vila Maria, Vila Medeiros, Jardim São Paulo, Vila Guilherme, Mandaqui, Parque Novo Mundo e Brás - e a Anhanguera Educacional, que ofereceu diversos serviços e atividades à comunidade, e contou também com o policiamento efetuado pela Inspetoria Regional de Vila Maria / Guilherme/Canil.


    A Apresentação consistiu na demonstração de obediência básica realizada pelos cães da raça Pastor Belga Malinois Loki e Zeus, conduzidos pelos GCM´s Sandro e Lucas, sendo este fundamento muito importante para qualquer trabalho efetuado pelo binômio homem-cão.

    A cadela Cassie, conduzida pelo GCM Barbosa apresentou seu brilhante faro, onde interagindo com as crianças sempre encontrou o objeto escondido, qualidade esta que pode ser utilizada na detecção de drogas, explosivos e armas.

    Por fim, tendo o CD Araújo como figurante, as Equipes efetuaram a tão esperada abordagem, com e sem reação, onde o público pode presenciar a qualidade do serviço policial efetuado pelas Equipes do Canil da Guarda Civil.

    Durante todo o evento a parte lúdica foi efetuada pela dupla, cão Labrador Thor e o GCM Freire e a apresentação foi narrada pelo GCM Barbosa, o qual ressaltou a responsabilidade das pessoas na guarda e condução dos seus animais, trabalhando com a essência da GCM na prevenção e conscientização da população.

    Este trabalho que foi elogiado pela Ordem dos Advogados, presente no evento com sua comissão de Proteção e Defesa Animal, esta previsto no Decreto 39.636/00, que autoriza o emprego dos cães nas demonstrações de cunho educacional e recreativo.


    Apresentação individual dos componentes

    O trio de cães da raça Pastor Belga Malinois

    Dupla GCM Freire e cão Labrador Thor em atividade lúdica

    Demonstração de obediência

    Criança da plateia interagindo na apresentação

    Cadela Cassie encontra objeto escondido

    Abordagem efetuada pelos GCM´s Barbosa e Sandro

    Revista efetuada no CD Araújo


    Enviado pelo GCM Freire